sexta-feira, 23 de junho de 2017

LAWMAN / THE WAY OF THE WEST / THE MOUNTIE ( 2011) - CANADÁ








FAROESTE CANADENSE
Curioso faroeste canadense, de 2011, que narra a história de um oficial da cavalaria montada, Wade Grayling (Andrew W. Walker), que chega a um local onde se inicia um povoado de imigrantes russos, a maioria ainda vive em tendas e possuem uma igreja inacabada.  O oficial chega em um cavalo branco, trazendo um corpo que encontrara enforcado. Com ele vem uma menina que tentava derrubar o corpo com uma espingarda. 


O homem da lei, como ele mesmo gosta de referir-se, questiona o pastor Olaf (Earl Pastko) do porquê encontrara o corpo daquela maneira. A resposta do pastor é que ele era um estranho e que "causou problemas". Com o passar dos dias o homem da lei continua no território para o desgosto do pastor. Quando surge um grupo de cosacos russos, Wade é obrigado a enfrentar um membro da gangue e leva a pior. O Grupo vai embora e ele descobre que a comunidade vive da venda de Ópio, que é justificado (e pelo que dá entender no filme, legalizado nessa época naquele país) pelo pastor para manter a comunidade e suas duas filhas: a menina já citada e sua bela, mas desfigurada irmã, Amethyst. 

  
Wade queima a plantação de ópio e tenta conseguir ajuda junto a um soldado renegado que reluta em voltar à ativa. Os dois têm um passado comum onde fizeram coisas que não se orgulham e mostra que sua missão, de mapear o local para a instalação de um forte e ajudar as pessoas que vivem acossadas, pode ser o início de sua redenção e expiação de um pecado involuntariamente cometido, mas que atormenta o  seu passado. Com a volta dos cossacos e a descoberta da queima do ópio, o confronto entre Wade e o grupo será inevitável, porém Olaf possui um segredo que poderá mudar a vida de todos e que somente sua filha mais velha conhece.

 
Faroeste homenageando um dos maiores diretores do gênero: Sergio Leone, como informado em um dos vários pôsteres do filme. Um estranho chega a uma comunidade trazendo a lei onde ela não existe. Homens maus, donzelas em perigo com clímax no final. O ator Andrew W. Walke copia o estilo Eastwood, que pode ser percebido na barba por fazer e no chapéu que cobre um pouco seu rosto. Só que as semelhanças param aí. Andrew não é Eastwood e o diretor  Wyeth Clarkson, ainda que bem intencionado, não é um Sergio Leone. 




O filme carece de originalidade e a dinâmica do filme muitas vezes fica comprometida, tornando-o, em certas cenas, um pouco vagaroso para filmes do gênero. Na última meia hora realmente vemos ação e, aí sim, o filme consegue prender até o fim. Mas até chegar neste ponto pouca coisa interessante ocorre.  



A fotografia e o belo cenário do território de Yukon são os pontos altos a serem considerados. O ator Andrew W Walker demonstra qualidade de bom ator, mas o melhor desempenho fica por conta da atriz Jessica Paré que interpreta Amethyst com muita competência e suavidade. 
Deve ser visto mais como curiosidade do que um grande western. A curiosidade fica por conta da nacionalidade deste filme que, apesar de simpático, fica aquém das produções americanas no gênero.


Trailer:



Curiosidades:

O filme Possui Vários títulos : Lawman, The Way of the West, The Mountie e Ranger

Exibido na Tv por assinatura como Lawman


 Pôsteres do Filme:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Cinéfilos.
Obrigado por visitarem minha página.
Estejam à vontade para comentarem, tirarem dúvidas ou sugerirem análises.
Os comentários sofrem análises prévias para evitar spans. Tão logo sejam identificados, publicarei. Quaisquer dúvidas, verifiquem a Política de Conduta do blog.
Sua opinião e comentários são o termômetro do meu trabalho.
Visitem a minha página homônima no Facebook onde coloco muitas curiosidades sobre cinema e algo de séries (se puderem curtir ajudaria)
Bem vindos.
Cinéfilos Para Sempre