quarta-feira, 19 de julho de 2017

SELENA (1997) - ESTADOS UNIDOS





A ESTRELA QUE BRILHOU POUCO



Selena Quintanilla-Perez é uma menina cuja voz e carisma a tornará uma das melhores cantoras de sua geração, mas um trágico evento mudará os rumos de sua história.


Cinebiografia da cantora Selena (1971-1995) que se tornaria uma das mais famosas cantoras latinas, com mais de 60 milhões de álbuns vendidos. O filme traça a história desde sua infância, quando seu pai comprou uma bateria, uma guitarra e um microfone e colocou os filhos no meio musical. Logo no início Selena se destaca por sua voz e expressão artística. Os anos vão passando e a banda formada (Selena Y Los Dinos) volta-se em função de Selena. Pai, mãe e irmãos vivem para a jovem. Sempre na estrada, sempre ampliando seus fãs.


Selena (Jennifer Lopez) é uma jovem simples, que sonha ser famosa como tantas outras. Seu pai, Abraham (Edward James Olmos), entende que uma cantora de origem mexicana (mas nascida no Texas) que não se expressa em espanhol não será reconhecida no México. Ao mesmo tempo que entende que uma cantora de origem mexicana terá que trabalhar o dobro para conquistar a América. Selena vai galgando seus degraus aos poucos e começa a se apaixonar por outro guitarrista da banda: Chris Pérez (Jon Seda) que seu pai vê como uma pessoa inadequada à esposar sua filha, ao mesmo tempo que acredita que essa “paixão adolescente” prejudicará a carreira dela, colocando por terra tudo conquistado até então. Selena passará a lutar em duas frentes: pelo amor de Chris e para manter sua carreira dentro do que já conquistara.


O filme, acertadamente, fugiu de se concentrar no evento trágico da vida de Selena: a sua morte, que se deu pelas mãos da presidente de seu fã clube, Yolanda Saldívar, que, conforme relatos, ao ser confrontada com a informação de desvio de dinheiro, teria atraído a cantora para o seu quarto e a alvejado  nas costas causando sua morte. As tentativas dos médicos em salvarem sua vida foram em vão e Saldívar pegou prisão perpétua com possibilidade de liberdade condicional em 30 de março de 2025. Selena faleceu aos 23 anos. A comoção na época foi grande. O potencial da cantora era imenso. E o filme explora bem essa vertente, ao colocar a atriz Jeniffer Lopez dublando Serena nas cenas. As músicas de Serena (quase todas apenas em partes) nos mostram que o mundo da música perdeu uma grande estrela.


Quanto ao elenco há que se destacar que Jeniffer Lopez fez um trabalho maravilhoso, que torna o filme saboroso de ser assistido e tendo como companhia o excelente ator James Olmos ("Blade Runner" e "O Preço do Desafio") tudo ficou mais fácil para o diretor Gregory Nava (de "Cidade do Silêncio" 2006 com a mesma Jennifer Lopez). Olmos é um ator detalhista que constrói seus personagens de uma forma diferenciada ou fisicamente parecidos quando são filmes baseados em fatos reais. Para completar a trinca, o ator Jon Seda (de Gladiator - O Desafio) faz o par romântico sem comprometer.


Selena é um filme bem acima da média que prende do início ao fim. Ótima cadência da história, ótima trilha sonora e ótimos atores. 

Trailer:


Curiosidades:
Antes da morte de Selena já havia um projeto sobre um filme que seria lançado em 1996.

Leticia Miller quase ganhou o papel por sua semelhança com a falecida cantora. Salma Hayek (Frida) também concorreu.

Abraham Quintanilla queria que o ator Rubén Blades o representasse no filme, mas este encontrava-se em outro projeto.

Jennifer Lopez se disse influenciada por Selena a se tornar cantora.

Olmos recebeu uma indicação ao Oscar de 1988 pelo filme "O Preço do Desafio" (perdeu para Dustin Hoffan, em "Rain Man"). 

Selena ( Dreaming Of You):




 Selena - On The Radio (tributo a Donna Summer)





Filmografia Parcial:



Jennifer Lopez

 









Assalto Sobre Trilhos (1995); Sangue & Vinho (1996);  Selena (1997); Anaconda (1997); Irresistível Paixão (1998); A Cela (2000); Nunca Mais (2002); Encontro de Amor (2002); Contato de Risco (2003); Menina dos Olhos (2004); Dança Comigo? (2004); A Sogra (2005); Cidade do Silêncio (2006); Plano B (2010); Parker (2013); O Garoto da Casa ao Lado (2015);


Edward James Olmos

 









Lobos (1981); A Balada de Gregório Cortez (1982); Blade Runner, o Caçador de Androides (1982); O Preço do Desafio (1988); Triunfo do Espírito (1989); O Preço de um Campeão (1991); América do Medo (1992); O Desaparecimento de Garcia Lorca (1996); Selena (1997); 12 Homens e uma Sentença (1997); Gangues de L.A. (2006); O Besouro Verde (2011); Blade Runner (2049)


 Jon Seda

 










Gladiator - O Desafio (1992); O Pagamento Final (1993); Os 12 Macacos (1995); As Duas Faces de Um Crime (1996); Justiça a Qualquer Preço (1996); Selena (1997); Amor ao Extremo (2001); O Imbatível (2002); Bad Boys II (2003); Em Nome da Justiça (seriado 2006-2007); O Pacífico (seriado 2010); Alvo Duplo (2012); Heróis Contra o Fogo (seriado 2012-2017); Chicago P.D. Distrito 21  (seriado 2014-2017); Chicago Justice (seriado 2017)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Cinéfilos.
Obrigado por visitarem minha página.
Estejam à vontade para comentarem, tirarem dúvidas ou sugerirem análises.
Os comentários sofrem análises prévias para evitar spans. Tão logo sejam identificados, publicarei. Quaisquer dúvidas, verifiquem a Política de Conduta do blog.
Sua opinião e comentários são o termômetro do meu trabalho.
Visitem a minha página homônima no Facebook onde coloco muitas curiosidades sobre cinema e algo de séries (se puderem curtir ajudaria)
Bem vindos.
Cinéfilos Para Sempre