segunda-feira, 26 de março de 2018

A CAÇA / JAGTEN / THE HUNT (2012) - DINAMARCA / SUÉCIA




CONDENAÇÃO PRÉVIA

Filme dinamarquês com um tema bastante delicado: abuso infantil. Lucas (Mads Mikkelsen) é um professor de escola primária dinamarquesa que, certo dia, vê sua vida mergulhar num inferno, após uma das alunas e filha de seu melhor amigo, Klara (Annika Wedderkopp), de seis anos, inventar uma esstória que faz com que recaia, sob seus ombros, a suspeita de um abuso. Várias crianças começam a relatar pesadelos e situações comprometedoras na qual o professor estaria inserido. A histeria coletiva se propaga e Lucas, perplexo,  vê sua vida ser cerceada por todos os meios. Numa cidade pequena, Lucas era conhecido, respeitado e cercado de amigos. Praticamente todos se voltam contra ele de diversas formas: evitando-o, acusando-o, agredindo-o e até impedindo-o de frequentar locais como supermercados. Lucas tenta compreender o furacão que surgiu, mas acaba desfiando aos poucos. Um único amigo ao seu lado e seu filho são as forças para tentar diminuir seu pesadelo.

  
A abordagem é do ponto de vista do inocente. Lucas é acusado por uma professora, que chama um psicólogo que “entende” que foi realmente um caso de abuso (ou seja, é apenas uma pessoa com uma profissão, não um verdadeiro profissional). A polícia é notificada, além das famílias das crianças que frequentam o colégio. O professor é afastado e a notícia é dada inclusive à ex-esposa de Lucas, que detém a guarda de seu filho (uma premeditada forma de vingança) após um divórcio traumático. O filme também traz à tona a influência do ambiente familiar para uma criança.  Um irmão mais velho, sem uma orientação acerca de seus próprios comportamentos, é o estopim que a menina recebe para confundir sua mente e fazer um comentário que desconhece ser devastador na vida de todos.

          

A atuação de Mads Mikkelsen (“007 Cassino Royale”; “O Guerreiro Solitário”; “Fúria de Titãs” ...) é excelente e certamente o filme não possuiria a força que transmite se o interprete fosse outro. A versatilidade do ator mostra que pode interagir em vários projetos e que possui presença cênica. Não por acaso saiu com o prêmio de melhor ator no Festival de Cannes. O restante do elenco está muito bem, trazendo veracidade e dramaticidade exigidas para a trama. Quanto a direção, Thomas Vinterberg, do aclamado Festa de Família (1998) soube equilibrar a uma instigante narrativa a  uma montagem ágil que deixa o filme fluir naturalmente.

Um tema tratado de forma primorosa, provocativa, com um final interpretativo, mostrando mais uma vez que o cinema europeu pode ser uma ótima pedida para quem quer conteúdo.

Trailer:



Premiações:
Alliance of Women Film Journalists 2013
Bodil Awards 2014
British Independent Film Awards 2012
Cannes Film Festival 2012
Chlotrudis Awards 2014
CinEuphoria Awards 2014
European Film Awards 2012
Ghent International Film Festival 2012
Houston Film Critics Society Awards 2013
International Cinephile Society Awards 2013
National Board of Review, USA 2013
North Carolina Film Critics Association 2014
Oklahoma Film Critics Circle Awards 2014
Palm Springs International Film Festival 2014
Robert Festival 2014
Seattle Film Critics Awards 2014
SESC Film Festival, Brazil 2014
Southeastern Film Critics Association Awards 2013
Vancouver Film Critics Circle 2014
Zulu Awards 2013



Poster do Filme:




















Filmografia Parcial:

Pusher (1996); Instintos Diabólicos (2002); Corações Livres (2002); Rei Arthur (2004); Pusher II: Mãos de Sangue (2004); Depois do Casamento (2006); Saída (2006); 007 - Cassino Royale (2006); O Guerreiro Silencioso (2009); A Porta (2009); Fúria de Titãs (2010); Os Três Mosqueteiros (2011); A Caça (2012); Michael Kohlhaas - Justiça e Honra (2013); A Salvação (2014); Hannibal (seriado 2013-2015); Doutor Estranho (2016);  Rogue One: Uma História Star Wars (2016).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Cinéfilos.
Obrigado por visitarem minha página.
Estejam à vontade para comentarem, tirarem dúvidas ou sugerirem análises.
Os comentários sofrem análises prévias para evitar spans. Tão logo sejam identificados, publicarei. Quaisquer dúvidas, verifiquem a Política de Conduta do blog.
Sua opinião e comentários são o termômetro do meu trabalho.
Visite a minha página homônima no Facebook onde coloco muitas curiosidades sobre cinema e algo de séries.
Bem vindos.
Cinéfilos Para Sempre