sexta-feira, 1 de setembro de 2017

SANTOS E PECADORES / SINNERS AND SAINTS - (2010) / ESTADOS UNIDOS






BAIXO NO ORÇAMENTO, MAS NÃO NA QUALIDADE

Sean Riley (Sean Riley) é um detetive de nova Orleans que perdeu o filho e foi abandonado pela esposa. Devido ao seu comportamento durante as ações policiais está prestes a ser suspenso quando se depara com um estranho caso: vítimas estão sendo torturadas e carbonizadas por um grupo altamente eficiente. Nessa investigação ganha involuntariamente um parceiro: Will Ganz (Kevin Phillips), um detetive que esbarrou no mesmo caso e que pode estar além de suas habilidades. Colin (Sean Patrick Flanery) é um amigo dos tempos de guerra no Iraque que parece conhecer tudo que vem ocorrendo. Seu desaparecimento coloca o grupo de mercenários em rota de colisão com a dupla de detetives que passam a empreender confrontos sangrentos nas ruas da cidade.



Santos e Pecadores mostra-se um filme de orçamento considerado baixo, mas muito eficiente no que se propõe: ação, tiroteios e boa estória. O diretor William Kaufman, em seu segundo filme, co-escreveu uma estória bem consistente e a dirigiu habilmente com um resultado acima da média. A história parte de um grupo de ex-combatentes da pesada que estão atrás de uma informação roubada que pode colocar toda a operação do grupo por água abaixo. E esse grupo não se intimida de eliminar qualquer um que esteja no caminho. E no caminho está Sean Riley, um detetive que já perdeu tudo que considerava de valor na vida e não vai hesitar em mandar bala em quem tentar matá-lo. No seu primeiro confronto com o bando já deixa baixas e passa a virar um  outro problema para  Raymond Crowe (Costas Mandylor) líder do grupo que tenta descobrir quem é o investigador que está lhe causando tamanha dor de cabeça. Will Ganz é o oposto de Riley: tem família, pega casos de homicídios comuns e não tem preparo militar e técnico para enfrentar um bando com armas de combate avançado. O policial gela, mas se apóia na eficácia do companheiro que possui vasta experiência em combate e é exímio atirador. 



O filme consegue fazer com que essa manjada estória, de dupla de detetives que se juntam pelo destino para enfrentarem um vilão de peso, funcione muito bem. Maquina Mortífera foi um grande sucesso por apostar nesse tema com ação e humor e com o grande diretor Richard Donner. Vários filmes foram na esteira do sucesso tentando copiar a fórmula ou emplacar no gosto do público. Poucos conseguiram. Santos e Pecadores é uma exceção ? De certa forma não, mas é um filme que prende, pois tem bons atores e muita ação. Não chega a ser um “Eu Sou a Fúria” (com John Travolta), um exemplar bem aceito pelo público e com maiores investimentos, mas agrada igualmente. Diante  da quantidade de produções ruins, até poderiam colocar mais grana no orçamento e investirem em uma nova aventura da dupla, mas como o filme é de 2010 é algo muito difícil de acontecer.



O elenco é um dos pontos altos do filme, onde todos estão muito bem. Johnny Strong tem uma filmografia pequena e aqui mostra que pode  ser protagonista em filmes de ação.  Kevin Phillips tem um pouco mais de experiência, alternando entre filmes, telefilmes e participações em seriados. Sua composição do personagem ficou na medida. Sean Patrick Flanery talvez seja sempre lembrado pelo ótimo e pouco conhecido “Energia Pura”. Como o ator estava sob uma maquiagem pesada, poucos saberão que foi protagonista daquela produção que muitos elogiaram. Outros poderão lembrar de sua participação em Santos Justiceiros (I e II). Flanery aparece pouco, mas tem papel de relevância dentro do filme. Outro que  aparece pouco é Tom Berenger que arrebentou em "Platoon", fez o interessante "Atraiçoados" (com Debra Winger) e volta e meia tem filmes interessantes. Jürgen Prochnow (do ótimo 'O Barco - Inferno no Mar") também faz meio que uma aparição especial com algumas cenas e pronto. O ator tem um currículo consistente e é muito conhecido por suas ótimas atuações. Method Man (rapper, cantor e produtor) faz o homem do rosto queimado. Method já tem experiência no ramo tendo atuado em algumas produções.  Costas Mandylor, ao meu ver, não esteve muito bem como o vilão. O ator ficou com um personagem que poderia ter sido melhor desenvolvido pelo roteiro e sabemos que um filme desse tipo tem que ter um ótimo vilão e o ator teve um desempenho mediano. O restante do elenco está bem: atirando e morrendo como de praxe.




Santos e Pecadores é um bom filme de ação com um roteiro inteligente, bons atores e um diretor que soube o que fazer com os recursos que teve em mãos. Não é e nem será uma referência no gênero, mas é uma boa pedida para quem gosta de filmes recheados de tiros e muita ação, com uma ou outra luta corpo a corpo. Merecia uma olhada com mais carinho dos Estúdios, pois foi direto pro mercado de vídeo e muitos nem sabem de sua  existência. Com tanta coisa ruim sendo despejada diariamente no mercado, essa produção soube entregar um produto muito interessante de ser assistido e no futuro talvez seja lembrado por  alguns como um bom filme a ser relembrado.

 Trailer:



Curiosidades:
 
O bar em que Sean Riley e Colin conversam tem o nome de "The Boondock Saint", uma homenagem ao filme "Os Santos Justiceiros" (The Boondock Saints)  de 1999 estrelado por  Sean Patrick Flanery




Filmografia Parcial:
Johnny Strong

 







 
The Glimmer Man - O Homem das Sombras (1996); No Limite da Inocência  (1997); O Implacável (2000); Velozes e Furiosos (2001); Falcão Negro em Perigo (2001); Santos e Pecadores (2010); Daylight's End (2016);

Costas Mandylor

 








Triunfo do Espírito (1989); Soapdish: Segredos de uma Novela (1991); Império do Crime (1991); Assassino Virtual (1995); O Protetor (1998); Onda Mortal (2000); Santuário (2001); Paciente 14 (2004); Duelo de Campeões (2005); Jogos Mortais 3 (2006); Jogos Mortais 4 (2007); Jogos Mortais 4 (2007); Amaldiçoada (2008); Jogos Mortais 5 (2008); Jogos Mortais 6 (2009); Santos e Pecadores (2010); Jogos Mortais - O Final (2010); Código da Máfia (2013); Lazarus  (2018);

Kevin Phillips










Pesadelo Americano (2005); Notorious B.I.G.: Nenhum Sonho é Grande Demais (2009); Lutador de Rua (2009); Santos e Pecadores (2010); SWAT - Comando Especial 2 (2011); Roxanne Roxanne (2017)

Tom Berenger

 








A Sentinela dos Malditos (1977); À Procura de Mr. Goodbar (1977); Cães de Guerra (1980); O Reencontro (1983); Eddie, o Ídolo Pop (1983); Platoon (1986); Perigo na Noite (1987); Atirando Para Matar (1988); Atraiçoados (1988); Ritual de Sangue (1988); Nascido em 4 de Julho (1989); Terra da Discórdia (1990); Brincando nos Campos do Senhor (1991); O Atirador (1993); Invasão de Privacidade (1993); O Substituto (1996); O Advogado dos 5 Crimes (1998); A Coragem de um Homem (1999); Turbulência 2 (1999); Dia de Treinamento (2001); D-Tox (2002); O Atirador 2 (2002); O Atirador 3 (2004); A Última Cartada 2 - Assassinos (2010); Santos e Pecadores (2010); A Origem (2010); A Conspiração (2012); A Lista (2014); O Atirador: Legado (2014); Gone Are the Days (2017 Sniper: Ultimate Kill (2017);

Jürgen Prochnow


 







 
A Honra Perdida de Katharina Blum (1975); O Barco: Inferno no Mar (1981); A Fortaleza Infernal (1983); Duna (1984); Um Tira da Pesada II (1987); A Sétima Profecia (1988); Robin Hood - O Herói dos Ladrões (1991); Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer (1992); Interceptor - O Caça Invisível (1992); Corpo em Evidência (1993); O Juiz (1995); O Paciente Inglês (1996); DNA: Caçado ao Predador (1996); Assassinos Substitutos (1998); Wing  Commander - A Batalha Final (1999); House of the Dead: O Filme (2003); A Profecia Celestina (2006); O Código Da Vinci (2006); Primitivo (2007); 24 Horas (seriado 2010);  Santos e Pecadores (2010); Twin Peaks: The Missing Pieces (2014); Hitman: Agente 47 (2015);  The Guardian Angel (2017);


Sean Patrick Flanery

 









O Jovem Indiana Jones (seriado 1992- 1993); Guinevere - A Rainha de Excalibur (1994); Ensina-me a Viver (1995); Energia Pura (1995);  Até que o Crime nos Separe (1997); Santos Justiceiros (1999);  D-Tox (2002); Veritas, o Príncipe da Verdade (2007); O Vidente (seriado 2002 a 2007); Santos Justiceiros II - O Retorno (2009); O Retorno dos Vermes Malditos  (2010);  Santos e Pecadores (2010); Jogos Mortais - O Final (2010); Phantom - A Última Missão (2013).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Cinéfilos.
Obrigado por visitarem minha página.
Estejam à vontade para comentarem, tirarem dúvidas ou sugerirem análises.
Os comentários sofrem análises prévias para evitar spans. Tão logo sejam identificados, publicarei. Quaisquer dúvidas, verifiquem a Política de Conduta do blog.
Sua opinião e comentários são o termômetro do meu trabalho.
Visite a minha página homônima no Facebook onde coloco muitas curiosidades sobre cinema e algo de séries.
Bem vindos.
Cinéfilos Para Sempre